Stand up paddle

Em algumas comunidades, sobretudo no Havaí, ele é usado até como transporte. A base da sua prática é o equilíbrio entre corpo e mente. Respeito à natureza é de ordem. O Stand Up Paddle (SUP), esporte originado das ilhas havaianas, tem apenas dez anos de prática no Brasil, não é preciso se preocupar com idade, nem peso, nem qualquer atributo físico, e mesmo se não houver mar, o praticante também pode praticar em um rio ou lago.

O SUP vem sendo uma realidade em diversos pontos do mundo. No Brasil a onda tem ganhado destaque nos Estados do Rio de Janeiro e em São Paulo, esse esporte vem crescendo de uma maneira muito rápida, mesmo sendo uma prática elitizada, já que não é barato, porém com muitos adeptos já no lago de Palmas.

O motivo desse sucesso/crescimento, se deve aos benefícios conquistados em momentos de lazer. “Muitas pessoas praticam em tom de brincadeira, no início para relaxar, e com o tempo vão percebendo as mudanças físicas. Para quem não curte muito academia, o Stand Up é um exercício completo e que garante o bem estar de qualquer um”.

Roberto Bertoni.
Praticante de SUP à 5 anos.

Seja o primeiro a comentar essa notícia

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*